Pra Que Serve uma Landing Page?

 em Criar Sites, Estratégias de Venda, Marketing Digital

Como a Criação de Landing Pages Vai te Ajudar a Atrair, Converter e Vender Para Seus Clientes?

 

Quando se tem um produto ou serviço que se queira vender em massa com a ajuda da internet, devemos usar páginas muito específicas para esse fim. E pra isso usamos páginas a que comumente que chamamos de “Páginas de Destino” ou “Landing Pages“.

Elas tem objetivos muito claros, seja de apenas capturar o email do lead em troca de uma recompensa digital (nesse caso será chamada de squeeze page), seja de convencer o lead a fazer a compra do material descrito na página (nesse caso será chamada de página de venda).

 

Os 3 principais objetivos específicos dessas chamadas “páginas de destino” são:
>> 1) gerar vendas;
>> 2) gerar leads;
>> 3) inscrições de usuários em listas de email marketing (o processo chamado de captura de leads).

Classicamente, uma landing page deve receber tráfego pago (anúncios) ou orgânico sendo gerado pra ela. Deve possuir uma PROPOSTA CLARA (o que exatamente está sendo ofertado?) e deve ser muito focada em CONVERSÃO.

 


Outros Fatores Que Devem Ser Observados em Landing Pages…

>> Se a quantidade de tráfego enviada ao site é suficiente;
>> Se a página entrega o que promete no anúncio;
>> Se o formulário e os botões de conversão, as chamadas para a ação, estão bem localizados;
>> Se não tem opções de navegação desnecessárias, o que irá dissipar o tráfego e a conversão;
>> Se o desempenho está sendo medido;
>> Se demora a carregar (ou nem carrega);
>> Etc.

 

ATENÇÃO: É a Página de Destino que Carrega a Mensagem de Marketing e o Discurso de Vendas…

E frequentemente isso é feito com as cartas de venda ou vídeos de venda.

Então, a página deve estar preparada e otimizada antes de você pensar em gastar em qualquer tipo publicidade online para gerar tráfego de visitantes para ela.

 


Veja um Checklist do Que Deve Estar Presente e Ser Otimizado Na Landing Page…

  1. headline demolidora (copy): o lead tem que sentir a vontade de clicar.
  2. botão com contraste (cor ou volume).
  3. formulário (apenas com campos efetivamente necessários).
  4. ser congruente com a fonte: de onde o usuário veio, anúncio, blog, indicação, etc.
  5. filtrar público: “você que é médico”, “você que é solteiro”, “tem casa à venda?”, etc.
  6. escaneabilidade: faça um texto fácil de ser lido.
  7. navegação limitada (cortar menus, widgets, links desnecessários, etc).
  8. amigável ao Google Adwords e ao Facebook Ads (termos de uso e privacidade).
  9. CTA ATF (above the fold): coloque pelo menos 1 chamada para a ação acima da dobra da página para que o lead possa ver sem precisar rolar a tela pra baixo.
  10. CTA com texto customizado: exemplo >> “Sim, Eu QUERO o E-Book“.
  11. inscrição em 2 passos: clicar no botão e depois deixar nome e email.
  12. tangibilizar recompensa digital: coloque imagem 3D, por exemplo.
  13. autoridade e prova social: não é extremamente necessário, mas ideal que você tenha isso já na landing page.
  14. scripts de mensuração: você precisa MEDIR as conversões e ações no site; pra isso eu uso Lead Lovers ou Google Analytics.

 


 

Otimização de Landing Pages: Pra Que Fazer Isso?

Otimizar uma landing page permite exibir seu conteúdo de maneira adequada a fim de facilitar e impulsionar as conversões em vendas.

São 3 fatores que, Resumidamente, Devem ser Tratados na Hora de Otimizar uma Landing Page

1) Copywriting persuasivo
2) Design responsivo e atrativo
3) Navegação eficiente (usabilidade)

 

É importante sempre fazer análises e testar elementos. Para isso ajuda em muito um quadro de ações a serem feitas, sempre com foco na ação desejada.

E, o principal de tudo, OTIMIZAR A CONVERSÃO sempre… É nosso próximo assunto…

 

Otimização de Conversão de Páginas – CRO

Como converter [CADA] visitante de seu site em [1 VENDA] efetiva?

Otimização de taxa de conversão (CRO) é um conjunto de estratégias que melhora  a CONVERSÃO DE VISITANTES EM CLIENTES, aumentando vendas e taxa de cliques SEM AUMENTAR A QUANTIDADE DE TRÁFEGO QUE CHEGA AO SEU SITE.

Veja Que Elementos Podem Ser Testados Para Aumentar a Conversão em uma Página…

  1. Design e cores do site: só isso acho que é METADE ou mais da conversão, pois impacta na decisão do visitante de permanecer ou não no site.
  2. Posição de elementos como as caixas de captura de leads (a prioridade é acima da dobra, posição comumente chamada de ATF).
  3. Headlines e textos de descrição: a copy está persuasiva? Testou?
  4. Destacar “Benefícios”, e não “Características”.
  5. Chamadas para ação, os CTAs: tem indicação CLARA do que deve ser feito?
  6. Botões (cores e copy): use cores contrastantes e copy persuasiva.
  7. Fatores de credibilidade (provas sociais): se ainda não tiver, providencie!
  8. Informações de contato: elas estão claras e visíveis?
  9. Texto sobre as garantias que o comprador terá.
  10. Comprimento das páginas: é cogitado que páginas muito longas reduzem a conversão. mas isso não é regra, é tendência.
  11. Análise da arquitetura da informação: como os dados estão distribuídos?
  12. Análise de relevância do conteúdo: fez sua pesquisa de palavras chave para orientar na criação de um “conteúdo que já tenha demanda”?
  13. Aspectos de neuromarketing: você usa em suas vendas padrões de oferta neurologicamente reconhecidos e testados?
  14. Conteúdo relevante: você está mesmo resolvendo problemas reais de pessoas reais?
  15. Formulários de conversão: estão bem distribuídos ao longo landing page?
  16. Otimização da experiência do usuário: existe cuidado com a forma pela qual o usuário experiencia a página?
  17. Otimização de chamadas para ação: testou e melhorou as chamadas?
  18. Ranking no Google (SEO): está escrevendo artigos baseado em boas práticas de SEO?
  19. Teste AB.
  20. Teste MVT (AB multivariado).
  21. Teste de usabilidade.
  22. Velocidade de carregamento das páginas.

 

Quais os #09 Principais Problemas Que Causam Baixas na Taxa Conversão das Páginas?

Verifique cada uma das questões abaixo…

  1. O site é compatível com o navegador dos visitantes?
  2. A página carrega rápido na tela?
  3. Você tem Chamadas para Ação (CTAs ou Calls-to-Action) claras e que facilitam as conversões?
  4. Existem elementos distraindo o visitante e bloqueando a conversão?
  5. O site tem elementos persuasivos no funil de conversão?
  6. A navegação é intuitiva (usabilidade)?
  7. O conteúdo mata objeções e ajuda o visitante a tomar a decisão?
  8. Como são os formulários da página?
  9. Como são as mensagens de erro (orientam o usuário)?
  10. Não faltam elementos de validação social: depoimentos, avaliações, feedbacks, rankings (as provas sociais)?

 

Uma Dica Final: a Experiência do Usuário ao Chegar na Landing Page…

Já tinha parado pra pensar nisso?
A experiência que o visitante do seu site tem ao navegar em suas páginas dita a regra de como ele interpreta seu site.

São vários os aspectos e elementos que devem ser planejados durante o contato do usuário com o site: interface, gráficos, design, usabilidade, facilidade de uso, etc.

Otimizar a experiência do usuário e causar nele a boa impressão de navegabilidade irá criar uma visita memorável e facilitar as conversões das ações que se deseja que esse visitante faça nessa página otimizada, seja apenas deixar um email em um formulário de captação de leads, seja fazer um pedido de orçamento ou mesmo comprar algo, serviço ou produto.

O Que Pode Ser Otimizado Para o Visitante do Site?

A informação.
O conteúdo.
Chamadas de neuromarketing.
Formulários.
Chamadas para ação mais claras, não ambíguas.
Usabilidade e acessibilidade.
Tempo de carregamento do site.

 


É isso por hoje pesssoas!
Fico por aqui, Helton Bezerra 😀

 

COMENTE e DEIXE SUAS DÚVIDAS ABAIXO!

 

Postagens Recomendadas
Contact Us

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.