Criar um Negócio {Rentável} na Internet [10 Passos]?

 em Marketing Digital, Reviews

Criar um Negócio Online (na Internet) Não é Tão Difícil Como se Diz Por Aí…

Como Fazer Isso Acontecer em 10 Passos Simples.

 


#01 – Escolher Área De Atuação Para Criar Seu Negócio Digital

Esse é definitivamente o passo inicial. Não concluir essa fase é o primeiro passo pra dar errado!

E é bom que você entenda 3 coisas pra fazer melhor essa escolha. Defina seu mercado com base em 3 variáveis:
Variável A – O que você gosta de fazer;
Variável B – O que você sabe fazer;
Variável C – O que tem um público pagante mínimo para sustentar a criação do projeto.

Nos últimos anos diversos autores vem catalogando áreas no marketing digital voltado para criação de negócios, de tal forma que até existe um grupo chamado de os 5 grandes campos dos negócios online.

1 – DINHEIRO & NEGÓCIOS
2 – SAÚDE & BOA FORMA
3 – RELACIONAMENTO & SEDUÇÃO
4 – SEXO
5 – FERRAMENTAS de MARKETING DIGITAL

Para entender melhor sobre os 5 mercados digitais citados acima, leia esse artigo que escrevi, “Os 5 Grandes Mercados do Marketing Digital Brasileiro – atualizado para 2017“.

Dentro de cada um desses mercados teremos o que se chama de nichos de mercado, assim como “abaixo” dos nichos teremos os sub-nichos. Exemplo:
Saúde >> MERCADO
Emagrecer >> NICHO
Emagrecer fazendo exercícios >> SUB-NICHO

Na prática, um mercado pode ser “sub-nichado” várias e várias vezes, tenha isso em mente ok?

Resumindo essa questão, você deve escolher sua área de atuação baseado em muita pesquisa, sobretudo quanto ao volume de pessoas que procuram pelo serviço que você irá se propor a prestar (o número exato de pessoas você consegue medir com ferramentas online gratuitas, como a ferramenta de palavras-chave do Google).

#02 – Escolher Canais De Comunicação

É comum querermos logo no começo “atirar pra tudo quanto é lado”… Isso raramente dará certo! O que você precisa é estudar e escolher os melhores canais para o seu negócio (sim, eles variam de um negócio para outro).

O problema é que não dá pra saber inicialmente qual seria a melhor combinação de redes e canais de atuação para o seu negócio, certo? Então, não tem jeito: você irá precisar TESTAR para saber ao que seu público responde melhor (um grupo de redes sociais, apenas um blog, apenas vídeos, etc).

Escolha a composição inicial de seu negócio digital (eu indico o cenário “site de conteúdo feito em WordPress + página no Facebook + canal de vídeos no Youtube“) e, aos poucos, vá testando em qual dos 3 você tem mais interação. Como usar esse “trio” para gerar muitas vendas é o que eu ensinei nesse vídeo.

E lembre que, mesmo depois de ter escolhido e testado as mídias e ferramentas que irá usar, ainda será preciso testar a que tipos de anúncio seu público responde melhor. Teste se anúncios dão mais retorno no Google, no Facebook, no Youtube, no Bing, no UOL, etc.

Para fazer isso preciso informar que você precisará saber de análise de conversão, uma das várias disciplinas do Marketing Digital.

 

#03 – Definir e Segmentar Audiência

Ao fazer anúncios (isso é chamado Tráfego Pago) para o seu produto, um passo essencial será “escolher as pessoas certas para as quais anunciar” – isso é justamente a fase de segmentação.

Pra não gastar gastar horrores de verba com pessoas que, de fato, não comprarão o seu produto, defina bem, durante a criação do anúncio, as pessoas para as quais os anúncios serão exibidos. Isso se faz facilmente com ferramentas como o Power Editor e o Graph Search, no caso do anúncio ser feito no Facebook.

#04 – Criar Conteúdo Para Gerar Valor

Mais uma fase que você deve passar é a geração de conteúdo (artigo, vídeo, podcast, planilha, guia, infográfico, resumo, mini-curso, ebook, relatório, etc).

O conteúdo produzido e distribuído gratuitamente pela internet é justamente o que irá ativar os gatilhos mentais de reciprocidade e autoridade em seus leitores, desde que o material produzido seja de qualidade, claro.

Fique sabendo que, muitas vezes, o conteúdo não é apenas distribuído de forma gratuita. É sim colocado em páginas de captura, por exemplo, em troca do email do lead – esse é o princípio a criação de listas de email…

Ao produzir os seus conteúdos para a internet é interessante (essencial, na verdade) que você tenha um calendário com o tipo e a data em que os materiais serão publicados. É fortemente indicado que se tenha uma constância, uma periodicidade na postagem dos conteúdos. Essa regra vale seja para artigos no blog, seja para os vídeos que você posta no Youtube ou pra qualquer outra forma de criação e postagem que você use.

#05 – Formatar a Solução Proposta (COMO você irá vender sua solução para o mercado)

Até agora você já sabe em qual mercado irá atuar, para qual tipo de consumidor irá exibir seus anúncios, já tem seu site e redes sociais e até mesmo já criou algum conteúdo inicial nesses locais certo? Pelo menos isso…

Com o feedback (a resposta das pessoas) a esse conteúdo inicial você já saberá quais os maiores problemas que seu público sofre. Então o passo seguinte seria, logicamente, criar um cronograma para essa solução e definir como você a irá produzir: se será um ebook, uma série de vídeos, um guia em formato de infográfico, um conjunto de aulas em áudio (conhecidas como podcasts), etc.

Dica de como escolher a forma pela qual sua solução será entregue:
Se seu público está predominantemente no Youtube, já se sabe que ele curte vídeos certo? Então, nesse caso, seria fortemente indicado que o produto ou o serviço (a solução para o problema deles) que você for comercializar seja também em vídeo.

#06 – Antecipação do Produto (teaser)

Essa questão do teaser é muito comum nos filmes de cinema e novelas. É apenas um “burburinho inicial” que se cria sobre o produto ou serviço que você ainda irá introduzir no mercado.

Isso tem um ótimo efeito se feito com o apoio de vídeos. Pode ser um vídeo curto de até 2 minutos anunciando o que está por vir…

#07 – Oferta (diferente de venda): Focar no Benefício, Não nas Características

É preciso que, ao fazer a oferta do produto (o que todos chamam de venda, mas NÃO é), se destaque o seu poder de transformação, ou seja, o quanto a vida de quem usar esse produto será modificada pra melhor.

Pra fazer uma boa oferta você contará com 2 disciplinas do Marketing Digital: Copy e Storytelling.
A primeira nos ensina a “como escrever títulos persuasivos”, seja para conteúdos, seja para anúncios.
A segunda, Storytelling, é um técnica já bem antiga, usada até mesmo por Hollywood na criação de seus filmes, que nos permite vender mais por meio do ato de contar histórias.

Filmes famosos como Batman, Harry Potter e Matrix usaram muito bem o storytelling e conseguiram, em sua fase de oferta, gerar tanta antecipação (isso é um gatilho mental) que literalmente estouraram bilheterias. E sim, isso é usado no Marketing Digital!

#08 – Definir Como Será o Meio de Pagamento (Transação) e a Entrega

Existem diversas formas de você receber online pela venda de produtos ou serviços, mas acredito que a mais conhecida no Brasil seja o PagSeguro.

Além dele, temos outras opções: PayPal, BCash, F2B, iZettle, Moip, Pagar.Me, PucPay, Sympla, etc.

São todos classificados como plataformas de recebimento, ou seja, é por onde você irá cobrar e receber seus pagamentos de seus clientes.

#09 – Descobrir os Canais de Maior Retorno (ROI)

É certo que os canais e mídias (com ou sem fazer anúncio) irão dar resultados diferentes, logo você precisa saber medir o resultado que cada um deu e comparar… Somente assim terá base para dizer QUAL deles está sendo mais eficiente em sua campanha. Em outras palavras: o que estará sendo feito é medir qual o canal apresenta o maior ROI (Return Over Investment).

O que é esse tal de ROI?
Resumidamente seria uma taxa de retorno sobre o que foi investido.

 

Exemplo: se invisto R$ 100,00 em um anúncio e vejo que ESSE anúncio me rendeu R$ 200,00 em vendas (acredite, dá pra MEDIR isso sim), eu ganhei o dobro do que investi certo? Então, nesse caso eu digo que o meu “retorno sobre o que investi” foi de 100% (o dobro).

 

Matemática e contas à parte, o que de fato o ROI mede é se o seu investimento está tendo retorno positivo ou não.

 

Então, quando você souber qual dos canais (site, Facebook, Youtube, Google, etc) está dando o melhor resultado (ROI) é hora de partir para o último passo… Abaixo…

#10 – Escalar o Investimento

Suponha que se tenha descoberto que anúncios no Google é que estão dando o melhor resultado possível, o que você deverá fazer?
Fácil: incrementar aos poucos a verba de anúncio.

Dica:
Não saia dobrando a toda hora os investimentos, ainda mais se estiver fazendo anúncios no Facebook, pois esse tem a característica de bloquear sua conta por conta dessa coisa de aumentar repentinamente o valor investido em campanhas… Vai entender!

 


 

Bem, chegamos ao fim de mais um artigo, em que te mostrei 10 passos para criar o seu negócio na internet!

 

Comente abaixo o que achou e deixe suas dúvidas.

 

PS:
Se tem interesse em cursos completo de Marketing Digital, entre em contato.

Postagens Recomendadas
Contact Us

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.