VENDA MAIS #01 – O QUE É GERAÇÃO DE LEADS?

(Incríveis) 6 Truques Psicológicos Secretos Para Vender Mais Qualquer Coisa!
07/06/2018
captacao-leads-02
VENDA MAIS #02 – O QUE É GERAÇÃO DE LEADS COM REDES SOCIAIS?
08/06/2018
captacao-leads-01

GERAÇÃO DE LEADS: Introdução

Quando se fala em Marketing Digital, é impossível não falar em Lead e na geração de Leads. Mas  afinal, o que é geração de Leads e por que isso é importante para sua empresa?

 

Em poucas palavras, gerar Leads nada mais é do que criar oportunidades de negócio para sua empresa. De forma mais concreta, é obter informações de um possível cliente (nome, email, telefone, cargo que ocupa etc.) em troca de uma oferta gratuita e de valor (conteúdo educativo, ferramenta, template, avaliação, pedido de orçamento, demonstração do produto/serviço etc).

 

Dependendo da oferta que você escolher, é esperado que apareçam Leads em diversos estágios da jornada de compra. Ou seja, com uma oferta direta (por exemplo, pedido de orçamento) são esperados menos Leads, porém mais preparados para a compra. Já com uma oferta indireta (por exemplo, um eBook ou webinar), é esperada uma quantidade maior de Leads, mas não necessariamente preparados para a compra de um produto.

 

Assim, um Lead é gerado toda a vez que alguém demonstrar interesse no tema do seu negócio ou quiser ouvir mais da sua empresa – tanto em termos de conhecimento quanto de produtos/serviços – a ponto de fornecer informações em troca dessas ofertas.

 

Depois de gerar esses Leads, a ideia é nutri-los com conteúdo para fazê-los avançar na jornada de compra até o momento em que está qualificado para o contato com um vendedor.

 

POR QUE A GERAÇÃO DE LEADS É IMPORTANTE?

Chet Holmes, uma referência na área de vendas, aborda em seu livro The Ultimate Sales Machine, o conceito de “Stadium Pitch“, no qual afirma que apenas 3% do seu público está ativamente buscando opções e querendo comprar algo, e cerca de 6-7% está aberto a propostas. O restante nada faz.

 

Sendo assim, como alcançar um percentual maior da pirâmide e ao mesmo tempo gerar mais credibilidade?

 

É aí que entra a grande sacada do Stadium Pitch de Holmes. Ele convida a responder a seguinte pergunta:

“Imagine um estádio inteiro cheio com os seus potenciais clientes e que você tivesse a oportunidade de falar para todos eles por alguns minutos. O que você falaria?”.

 

Grande parte das pessoas responde contando a história ou os benefícios do seu produto/serviço, ou seja, fazendo a venda direta. O problema é que basta começar a

falar isso e 90% da pirâmide se levanta e vai embora.

 

Por esse motivo, o seu discurso (e inclua aí seu site, blog, redes sociais, etc) deve ser centrado em  oferecer conteúdo útil para o cliente, independentemente do momento de compra em que ele esteja. É preciso falar algo interessante para que a pirâmide toda continue ouvindo você.

 

A geração de Leads vai ao encontro dessa estratégia. Se seus canais só tiverem informações sobre o seu produto/serviço, sua mensagem somente ressoará para aqueles 3% a 10% da parte de cima da pirâmide.

 

Para alcançar também os outros 90% e fazê-los caminhar até o topo da pirâmide, sua empresa pode criar ofertas de valor e oferecê-las em Landing Pages para capturar as informações de contato dessas pessoas e, ao longo do tempo, nutri-las para tentar transformá-las em oportunidades e vendas.

 

 

LANDING PAGES – ONDE TUDO COMEÇA

As Landing Pages são, por si só, páginas criadas com o objetivo de levar a uma

conversão e gerar Leads. Mas por que as Landing Pages são necessárias? As páginas do seu site não são suficientes?Vamos falar sobre o momento em que um visitante chega até a página inicial do seu site. Esse tipo de página tem o objetivo de dar uma visão geral sobre o seu negócio, então é comum que contenha um menu superior com botões que levam até páginas variadas, como contato, institucional, notícias, dentre outras.

 

As Landing Pages, por outro lado, possuem um objetivo específico e por isso têm um papel importante na hora de transformar visitantes em Leads. Para uma Landing Page funcionar, além de seguir uma série de boas práticas (mais adiante indicaremos onde você pode consultá-las), ela precisa de algo essencial: uma oferta. Existem basicamente dois tipos de oferta: as indiretas e as diretas.

 

“As Landing Pages possuem um objetivo específico e por isso têm um papel importante na hora de transformar visitantes em Leads.”

 

OFERTAS INDIRETAS

São voltadas às etapas mais iniciais da jornada de compra e não falam diretamente de solução ou de produto. Normalmente, essas ofertas são conteúdos educativos que fazem parte da jornada de compra de um Lead.

 

Exemplos de ofertas: eBooks, webinars, hangouts, kits, templates, ferramentas, quizzes, pesquisas, estudos e outros formatos de materiais ricos.

 

OFERTAS DIRETAS

São aquelas bem voltadas à compra. Costumam trazer resultado quando são acessadas por um Lead que já tem noção do problema que enfrenta e sabe qual é a solução para esse problema, ou seja, está pronto para conversar com um vendedor ou considerar a compra de um produto.

Exemplos de ofertas: trial de produtos/serviços, venda de produtos/serviços, promoções, descontos, formulário de contato, avaliações, diagnósticos etc.

 

 

A “GERAÇÃO DE LEADS” CONTINUA no PRÓXIMO ARTIGO…

⚠ LEIA AGORA: “O QUE É GERAÇÃO DE LEADS COM REDES SOCIAIS?”
LINK 👉👉 https://heltonbezerra.com.br/marketing-de-conteudo/geracao-de-leads-02/

 

 

COMPARTILHE

Os comentários estão encerrados.