Primeiros passos com o Google AdWords: escolher as palavras-chave certas
12/12/2018
plano-marketing-digital
Plano de Marketing Digital Para 2019 {COMPLETO, EFETIVO e GARANTIDO}
06/01/2019

Landing Pages – GUIA RÁPIDO

landing pages guia rapido

A DEFINIÇÃO DE LANDING PAGE…

Toda Landing Page possui um propósito principal, como conduzir leads a realizarem uma ação, seja ela o download de um ebook, realizar o cadastro para assistir um webinar, etc.

Com o crescimento ascendente do e-commerce no Brasil, sites de vendas vem buscando alternativas mais precisas para adotarem em suas estratégias e conseguirem desta forma, guiar seus leads pelo funil de vendas.

Como não tem barra de menus e nem links internos ou externos, as Landing Pages permitem medir o nível de conversão de seus elementos, possibilitando otimizações específicas em cada uma das partes que a compõem.

 

AFINAL: O QUE É UMA LANDING PAGE?

Como já supracitado no tópico anterior, uma Landing Page pode ser resumida como uma página “construída” com um objetivo final de converter prospectos em possíveis/futuros clientes.

Ao contrário de um site corporativo, geralmente criado com o intuito de oferecer informações a respeito de uma empresa/negócio, na Landing Page você não verá aquela famosa barra de menus na parte superior da página, nem mesmo outros links que te levarão a uma experiência fora da página em que está.

Podemos dizer que as Landing Pages são quase “autossuficientes” , pois não dependem necessariamente de qualquer outro recurso externo a ela mesma, seja site ou qualquer outra rede de relacionamentos, como por exemplo, o Facebook, Instagram ou networking. Obrigatoriamente, todos os elementos encontrados nesse tipo de página serão referenciados a uma ação que seu lead deverá realizar.

POR QUE USAR UMA LANDING PAGE E COMO ELA AJUDA NO CRESCIMENTO DE NEGÓCIOS DIGITAIS?

Segundo o IBGE, nos últimos 10 anos, as vendas online cresceram mais de 350% no país, sendo pouco mais de 20% só entre os anos de 2017 e 2018, resultando na arrecadação de mais de 100 bilhões de reais, apenas nos dois últimos anos.

Talvez você esteja se perguntando como estes dados nos ajudarão a responder a pergunta deste tópico, e eu quero te dizer que valores como estes nos ajudam a visualizar o perfil atual que o consumidor brasileiro possui.

Antigamente, antes mesmo de realizar uma compra, as pessoas eram acostumadas a consultar vendedores, familiares, amigos, consultavam a verba disponível e iam até a loja para conferir todas as condições de pagamento, ou até mesmo para visualizar o produto.

Hoje, o consumidor encontra tudo o que precisa na palma de sua própria mão, através de seu smartphone, ou até mesmo pela tela de seu desktop, enquanto aproveita o intervalo do almoço para dar aquela conferida no Facebook e se depara então com o anúncio de alguma oferta.

O que antes precisava da aprovação de conhecidos, agora se é provado por outros consumidores que deixam seus depoimentos no campo de comentário de tal produto, que acabam agregando de forma natural e espontaneamente ainda mais valor e benefício ao seu objeto de desejo.

Ter uma Landing Page vai proporcionar ao seu produto/serviço esse diferencial que o consumidor atual procura, ajudando e inferindo uma decisão de compra mais rápida/precisa.

 

PRINCIPAIS ELEMENTOS DE UMA LANDING PAGE

Geralmente constituída por 4 elementos básicos, esse tipo de página segue, na
maior parte dos casos, a seguinte estrutura:

1 – HEADLINE/TÍTULO E SUBTÍTULO

Utilizado para transmitir a ideia principal de sua página, este é, na maioria das
vezes, o primeiro campo a ser visualizado por seus visitantes.

É de extrema importância que este seja bem elaborado e que você abuse da
criatividade, mas também, de gatilhos mentais, para que assim você consiga
prender a atenção de seu prospecto, a ponto de fazê-lo ter interesse em continuar a
leitura, e assim visualizar os outros elementos que compõem sua Landing Page.

Apresente sempre uma solução para o problema que você agitará. Mostre que você
ou o seu negócio poderá ajudá-lo com a dificuldade/necessidade apresentada,
gerando assim uma autoridade no assunto.

O título deve ser sempre claro e conciso. Utilize palavras poderosas e atrativas,
como: Grátis, Trial, Exclusivo, dentre outras.

2 – IMAGEM OU VÍDEO

Como diz o ditado: “Uma imagem vale mais que mil palavras” .

Segundo a Psicologia, a utilização de imagens ou vídeos, na apresentação de um
conteúdo, pode contribuir para a assimilação do que se deseja transmitir,
potencializando assim a retenção de um determinado assunto e sendo responsável
por 50% de toda sua comunicação.

• Utilize por volta de 20% de sua imagem para destacar um texto, geralmente um
benefício.

• Não use setas nem botões.

• Utilize imagens com cores chamativas (sem extrapolar, claro, rs).

• Faça teste A/B com imagens diferentes e escolha a que melhor performar. Da
mesma forma, ao adicionar um vídeo, é importante sempre atentar-se para que
o conteúdo do mesmo seja relevante, realizando testes A/B com vídeos mais
curtos e mais longos, com e sem headline, dentre outros.

3 – DESCRIÇÃO DA OFERTA/CONTEÚDO

Nesta etapa, é importante que você utilize este espaço para quebrar possíveis
objeções já pré-identificadas por você, e deverá responder às seguintes perguntas:

• Qual é o diferencial que o seu produto/serviço traz?

• De que maneira você ajudará seu futuro cliente?

• Por que devo escolher o seu negócio e não o do concorrente?

4 – FORMULÁRIO E BOTÃO CALL TO ACTION (CTA)

Ponto extremamente estratégico e merecedor de uma atenção especial, é nessa
etapa que muitos negócios perdem grandes oportunidades. Geralmente utilizado
como uma moeda de troca, onde você oferece um material/conteúdo/oferta, é aqui
que você deverá tomar cuidado com aquilo que irá “pedir” no lugar daquilo que está
sendo oferecido.

Deixe sempre claro aquilo que o visitante de sua página irá receber ao compartilhar
suas informações pessoais com o seu “banco de dados” . Peça apenas informações
necessárias para o seu objetivo, como nome, e-mail e telefone.

Utilizar um Formulário Inteligente é uma excelente ideia para personalizar sua
página conforme sua necessidade.

O botão Call To Action deve ser preciso, atrativo e decisivo. Abuse de cores
chamativas, porém, harmônicas com o restante do site (Psicologia das cores pode
ser um bom tema para você estudar). Insira textos curtos e escolha fontes próximas
às que foram utilizadas no restante da página (na dúvida, utilize a básica Arial).

 

CONCLUSÃO

Podemos concluir que, se bem articulada e planejada, uma Landing Page bem construída pode elevar o seu poder de conversões e potencializar o seu negócio de maneira significativa.

Você só precisa de ferramentas que consigam te auxiliar nesse processo e um pouco de dedicação para desenvolver as melhores estratégias.

 

 

COMPARTILHE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *